quinta-feira, 26 de novembro de 2009

O RIACHO



Era uma vez um riacho de águas cristalinas, muito bonito, que serpenteava entre as montanhas.

Em certo ponto de seu percurso, notou que a sua frente havia um pântano sujo, por onde deveria passar. Olhou, então, para Deus e protestou:

-Senhor, que castigo! Eu sou um riacho tão límpido, tão formoso, e você me obriga a atravessar um pântano sujo como esse! O que faço agora?

E Deus respondeu:

- Isso depende da sua maneira de encarar o pântano. Se ficar com medo, você vai diminuir o ritmo de seu curso, dará voltas e, inevitavelmente, acabará misturando suas águas, com as do pântano, o que o tornará igual a ele. Mas, se você o enfrentar com velocidade, com força, com decisão, suas águas se espalharão sobre ele, a umidade as transformará em gotas que formarão nuvens, e o vento levará essas nuvens em direção ao oceano. Aí você se transformará em...MAR.

Desconheço o autor



endereço: http://www.casadobruxo.com.br/textos/riacho.htm
imagem: imotion.com.br



14 comentários:

Maria José disse...

É verdade, Jorge. O mais importante não é o problema em si, mas a forma como reagimos e nos comportamos diante dele. Por outro lado, às vezes, é preciso passarmos por lugares sombrios para chegarmos mais limpos do outro lado. Beijos.

Jorge disse...

Olá, Maria José!

Concordo.
Como tornarmos Limpos sem o filtro do pântano, não é mesmo?

Beijo,
Jorge

Julimar Murat disse...

Oi querido amigo

Depois de experiencias tão dolorosas,nos fortalecemos e ficamos prontos para novos desafios. O que seriamos se não existissem tantos desafios, que nos leva a nos encorajarmos, a tornarmos mais decididos ...

Deixei um recadinho pra vc no meu blog

beijos

Julimar

Jeanne disse...

A fé fortalece para o enfrentamento necessário.
Com ela perdemos o medo que paralisa e conseguimos superar as dificuldades.
Beijos

Padma Shanti disse...

O medo é natural, é um mecanismo de defesa. Deixar-se levar por ele é patológico, paralisa.
Gostei do texto, boa noite :)

*Teresa Cristina* disse...

Olá meu amigo querido...bela reflexão!
O que não mata nos fortalece...e não há nada como superar a si próprio.
*muito bom poder estar de volta*Ü*
bjkss no ♥

Jorge disse...

Juli, olá!!

Estarmos prontos para os desafios são o nosso desafio.
Já li o recadinho.
Obrigado!!!

Um beijo em teu coração,
Jorge

Jorge disse...

Jeanne!!
Estamos aqui para re-aprender. Encarar os obstáculos é caminho.

Beijo, Anjo,
Jorge

Jorge disse...

Padma,
Sem o mecanismo do medo, não poderíamos sobreviver ao mundo difícil. É um mecanismo de defesa, de sobrevivencia.
Sem perder o medo natural, mas crescendo na confiança e coragem, temos um equilíbrio de superação.

Beijo, Minha amiga,
Jorge

Jorge disse...

Teresa,
Superar a nós mesmos é a condição maior da evolução, não é?

Beijo!!

Jorge

Blogat disse...

Olá Jorge,que delícia esse seu blog!Tem serenidade,nos remete realmente para dentro,que é onde tudo acontece.Estarei te "seguindo".Um abraço Maria Alice

Jorge disse...

Alice, Olá!!!

Agradeço pela sua bondade.
É um incentivo para continuar a fzer sempre com amor.
Obrigado pela visita. Volte sempre!!!

UM grande abraço,
Jorge

Maria José disse...

Jorge. Passei aqui para lhe desejar um final de semana feliz. Beijos, meu amigo.

Jorge disse...

Maria José,
Muito obrigado!!!
Para você também!!!
beijo,
Jorge

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails