quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

ATITUDE É TUDO


Uma mulher acordou uma manhã, olhou no espelho e percebeu que tinha somente três fios de cabelo na cabeça.

Bom, ela disse, acho que vou trançar meus cabelos hoje.

Assim ela fez e teve um dia maravilhoso.


No dia seguinte, ela acordou, olhou no espelho E viu que tinha somente dois fios de cabelo na cabeça.

Humm, ela disse, acho que vou partir meu cabelo no meio hoje.

Assim ela fez e teve um dia magnífico.


No dia seguinte, ela acordou, olhou no espelho e percebeu que tinha apenas um fio de cabelo na cabeça.

Bem, ela disse, hoje vou amarrar meu cabelo como um rabo de cavalo.

Assim ela fez e teve um dia divertido.


No dia seguinte, ela acordou, olhou no espelho E percebeu que não havia um único fio de cabelo na cabeça.

Yeaa! ela exclamou, não tenho que pentear meu cabelo hoje!


Autor Desconhecido



endereço: internet

imagem: luzcardoso2.blogspot.com


18 comentários:

Cris Tarcia disse...

Que texto lindo!
Tudo depende da maneira como olhamos o mundo ao nosso redor. Ë pegar o limão e fazer uma deliciosa limonada. Estou certa?

Um abraço e um lindo dia

Jorge disse...

Olá, Cris

É isso mesmo.
Cada um olha ao seu redor de acordo com o que sente o próprio coraçao.

Um abraço, de coração,
Jorge

*Teresa Cristina* disse...

Cada um carrega o dom de ser capaz e de ser feliz....ando cantarolando por D+ esta música, e este texto reflete bem este pequeno trecho desta música, a capacidade de se reinventar que o ser humano tem é fantástica!
Obg por compartilhar tão linda lição de vida!
Bjs

Espírito Azul disse...

Oi Jorege, ser perseverante, otimista e esperançoso basta para a felicidade morar em nosso coração! Uma ótima reflexão! Abraço, amigo!

Jorge disse...

Teresa!

O homem tem esse poder mesmo. Temos capacidade para tanta coisa e nos perguntamos porque não as usamos.
Nós temos a âncora, só que ou não acreditamos ou procuramos em lugares errados.

Anjo, um beijo,
Jorge

Jorge disse...

Amiga Anjo Azul

Qualidades morais temos. Usá-las é uma outra história, não é mesmo?

Com amor,

Jorge

Psiquismo Desmistificado disse...

Olá meu querido Amigo,
Belíssimo texto. Fala sobre algo importantíssimo em nossas vidas, que é a flexibilidade, é o saber viver, sem reclamações inúteis.
Diante de cada circunstância temos opção de escolhas. Quando algo nos aflige ou mobiliza sentimentos e emoções, podemos escolher reclamar da vida e, assim, viver amarguradamente.
Por outro lado, podemos escolher a opção de fazer de cada circunstância um aprendizado. Assim é possível ser mais feliz.
Rir das próprias dificuldades, brincando, é sempre uma alternativa mais feliz.
Abraços fraternos meu amigo

Jorge disse...

Amigo Psiquismo

Sem flexibilidade na vida é muito difícil viver com serenidade.
E rir de nós mesmos é um santo remédio para os nossos males.
Obrigado pelo comentário!

Abraços,
Jorge

Kelly disse...

Jorge, que texto maravilhoso...A D O R E I!!!!
Já passou da hora de deixar de reclamar, vamos aproveitar a vida do jeito que ela é. GRande beijo

Jorge disse...

Kelly,
Precisamos lidar com flexibilidade. Tirar de cada situação, uma forma de manter a serenidade e alegria.

Um beijo,
Jorge

Blogat disse...

É isso aí!Avida tem taaantos caminhos e taaantas escolhas que se torna um desperdício(por conta de dificuldades ou desilusões),ficarmos parados em um só.À cada situação,uma solução!
Beijo grande(para todos)Alice

Jorge disse...

Alice, olá!!!
Concordo com você. Sempre temos saída para qualquer situação.

Um beijo,

Jorge

SANDRA NABUCO disse...

Olá Jorge,

já conheço este texto e acho lindo!

Mostra a capacidade de nos adaptarmos as situaçoes que a vida nos apresenta!

Quando queremos,nos adaptamos sim!

Reclamar não adianta muito,mas ter atitude sim!

Obrigada por sua visita e por sua observação no meu blog!

Estarei sempre aqui e seja sempre bem vindo!

Beijinhos e tenha uma ótima sexta-feira!

Ely disse...

Olá,Jorge,
Belo texto!
Segue o poema da Cora Coralina, que adoro, e trago sempre no meu pensamento;

Saber Viver

Não sei... Se a vida é curta
Ou longa demais pra nós,
Mas sei que nada do que vivemos
Tem sentido, se não tocamos o coração das pessoas.

Muitas vezes basta ser:
Colo que acolhe,
Braço que envolve,
Palavra que conforta,
Silêncio que respeita,
Alegria que contagia,
Lágrima que corre,
Olhar que acaricia,
Desejo que sacia,
Amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo,
É o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela
Não seja nem curta,
Nem longa demais,
Mas que seja intensa,
Verdadeira, pura... Enquanto durar

Um beijo e um bom final de semana!
E, obrigada por visitar bobeiras em geral, blog do meu irmão Jime, com quem tenho parceria.

Jorge disse...

Sandra, olá!

Obrigado pela sua visita.
Somos a própria mudança. Nós é que não queremos mudar.

Volte sempre!!!

Beijo,
Jorge

Jorge disse...

Olá, Ely,

Grande e sensível poesia da Cora.
Viver todos vivem, mas saber viver é para poucos.

E obrigado pela sua visita.

Um abraço para você e para seu irmão Jime

Jorge

Julimar Murat disse...

oI QUERIDO AMIGO

O que dizer de um texto que nos leva a tantas reflexões das nossas atitudes diante da vida. Posso lhe dizer que A nossa história vem de perdas e glórias.

Um grande abraço e um lindo fim de semana

Julimar

Jorge disse...

Juli, meu Anjo

A nossa evolução se baseia nisso.
E o que estamos plantando hoje?

Beijos mil,

Jorge

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails