sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

ORAÇÃO DO HOMEM QUE CORRE


Senhor


Olho em volta de mim e veio a pressa de todos os homens...
Todos têm pressa pois precisam vencer o tempo, tão pouco tempo lhes deste...
A criança corre porque tem muito para brincar
E o tempo não lhe basta...

O adolescente corre porque tem muito que divertir
E o tempo não lhe basta...

O homem corre porque tem mil negócios a tratar
E o tempo não lhe basta...

A mulher corre porque precisa ganhar o tempo que perdeu
E o tempo não lhe basta...

Correm os carros pelas ruas, não importa se ferem ou matam.
Correm as motos, os ônibus, os caminhões.
Tudo corre, todos correm, e o tempo voa.

A conversa tranqüila e descompromissada não pode ser:
A falta de tempo não a permite.

O marido não conversa com a esposa: ele tem pressa e ela muito mais.
(Afinal deve recuperar o tempo que perdeu como simples dona-de-casa...)

O filho não conversa com o pai pois os amigos o esperam no bar.
E, afinal, o pai já está muito "coroa" para um papo legal...
Já não se passeia nas praças,
Não se anda pelas avenidas a olhar as vitrines,
Não se senta nos bancos para ouvir a banda
que tocava alegremente nos coretos enfeitados.

O mundo mudou.
O progresso veio correndo e com ele trouxe a correria.
Todos correm, não em busca de "ser mais" mas para "ter mais".

Ter mais dinheiro. Ter mais prestígio. Ter mais simpatia popular.
Ter olhares admirados. Ter a aprovação das multidões. Ter... Ter...Ter...
Olho em redor, Senhor,
E busco as mãos dada suavemente, os olhares serenos, os sorrisos calmos.
Ao invés do carinho inocente, vejo os beijos tórridos, carnais, sexuais.
Ao invés do namoro, vejo o "sarro".
Ao invés do amor, vejo o desejo.
Ao invés da paz, vejo a ansiedade.
Olho os céus e vejo a lua, as estrelas.
Todo o cosmos continua a girar na mesma velocidade de milhares de anos.
Só o homem, em sua tola vaidade, não descobre que o tempo continua o mesmo.

E que da vida que tanto quer tirar, em louca correria,
Somente tira o amargo sabor de vida que não viveu,
Do amor que não amou,
Da oração que não fez,
Porque corria, corria muito, até que para ele, num dia inesperado,
O tempo parou.

Amém!

(Desconheço o autor)


endereço: http://www.casadobruxo.com.br/textos/texto71.htm

imagem: istofoi2008.blogspot.com/2009_03_01_archive.htm

10 comentários:

Bloguinho da Zizi disse...

Jorge
Conheço pessoas que por se sentar um instante para ler ou para meditar, ou simplesmente olhar uma flor, dizem que se sentem mal, pois a vida corre lá fora e eles estão parados.
Poucos conseguem silenciar para ouvir sua Essência, preferem o barulho externo que os leva pra longe daquilo que é a verdadeira realidade.
Texto maravilhoso.
Um fim de semana de paz pra vc e Rita

mentoresdeluz.blogspot.com disse...

Querido amigo Jorge,que post maravilhosa,e verdade ,ninguem mais tem tempo,para olhar o céu fazer uma
prece,uma meditação,para dar um abraço com carinho,e chamam isto de
evolução,eu chamo,desamor,desinterece
obrigado por esta luz por esta paz
que vem de voce,de suas,postagens

muita paz e luz para vc,Marlene

ValériaC disse...

Fantástico texto amigo... Infelizmente muitas pessoas vivem exatamente assim e não param para perceber que elas perdem e perdem os que convivem com elas.

Na vida há tempo para tudo, inclusive para viver em paz, viver o amor, apreciar o belo mesmo que por alguns instantes.

O tempo se esvai, mas que tenhamos o equilibrio de "saboreá-lo" de uma forma positiva, construtiva.

Ótimo fds querido...beijos
Valéria

007BONDeblog disse...

Prezado Jorge

Boa tarde

Agradeço sua visita e comentário no 007BONDeblog. Com relação ao tema de lá, costumo dizer que "os políticos não são Marte", eles pessoas iguais a nós, com defeitos e qualidades, erros e acertos, mas, o eleitor precisa conhecer um pouco da história de vida, postura, pensamento de quem ele vai indicar como seu representante.

Com todo o respeito pelo ser humano Romário, e estabelecendo um julgamento sobre o que se faz, e não sobre quem faz, ele não apresentou nada que o indicasse como um provável bom representante das causas do cidadão de bem. Tomara que eu esteja errado e ele faça de agora em diante um bom trabalho, sendo essa sua primeira falha, nada mais do que isso.

Em relação a falta de tempo, assunto de seu post, é um fato. As pessoas não andam com muito tempo nem para si mesmas, ainda mais para o outro. E nós, sem o outro, acabamos sendo solidão, isolamento.

Observo aqui na Internet, nem no mundo virtual as pessoas tem tempo, para visitar, trocar um comentário, divulgar o trabalho do companheiro de viagem.

Há uma pressa danada, muitas vezes sem nem saber de que ou para que.

Um abraço, parabéns pelo blog. Já estou na condiçaõ de seu seguidor, deixo o convite para que siga o BONDeblog e meus outros blogs. Quem sabe possamos trocar alguns links. O de seu blog eu já estou adicionando.

Muita Paz

falando.com (quem quiser ouvir) disse...

Amigo Jorge,

Há algum tempo não venho lhe visitar! Espero que esteja tudo bem contigo!
Não devemos deixar que o tempo seja o senhor de nosso destino! Viver o presente sem temer o futuro e sem almejar nada mais do que paz interior e tranquilidade, vamos por este caminho!

Grande abraço,

Fernando C. Salgado.

MARIANGELA BARRETO disse...

Belissima postagem, Jorge,muito real, nos tempos atuais além de viver na correria vive-se a automatização..de tanto viver correndo e robotizadas as pessoas não conseguem parar, voltar-se para dentro!!!!
Beijos amigo!
Mariangela

José Vitor disse...

Dá medo a verdade do tempo, por mais que saibamos seu efeito é uma bomba que estilhaça os segundos, e quando conseguimos realizar vida... É encima de destroços!
Gostaria de sermos amigos, seguirei teu blog. Por favor, esconda-se um pouco do tempo e me faça uma visita.
Abraços!...

José Vitor disse...

É em cima de destroços! desculpe

ⓣⓔⓡⓔⓢⓐ ⓒⓡⓘⓢⓣⓘⓝⓐ disse...

Oiee Jorge!!
De que adianta correr tanto....senão sobrar tempo pra dizer um eu te amo....ou de dar um abraço apertado.....ou dizer simplesmente com um olhar... que pode contar cmg.
É um correr pra nd.
Bjss e bom fds

Eliane Gonçalves disse...

Temos que tentar entrar o equilibrio, pois nesse mundo em que vivemos estamos correndo sempre, mas não podemos deixar de lado nossa real essência e as coisas que realmente são importante para nós.

Belo texto...bj

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails