segunda-feira, 22 de novembro de 2010

DE OLHO NAS METAS


Era uma vez um cocheiro que dirigia uma carroça cheia de abóboras. A cada solavanco da carroça, ele olhava para trás e via que as abóboras estavam todas desarrumadas. Então ele parava, descia e colocava-as novamente no lugar. Mal reiniciava sua viagem, lá vinha outro solavanco e... tudo se desarrumava de novo.
Então ele começou a ficar desanimado e pensou:
"Jamais vou conseguir terminar minha viagem! É impossível dirigir nesta estrada de terra, conservando as abóboras arrumadas!".
Quando estava assim pensando, passou à sua frente outra carroça cheia de abóboras e ele observou que o cocheiro seguia em frente e nem olhava para trás: as abóboras que estavam desarrumadas organizavam-se sozinhas no próximo solavanco.
Foi quando ele compreendeu que, se colocasse a carroça em movimento na direção do local onde queria chegar, os próprios solavancos da carroça fariam com que as abóboras se acomodassem em seus devidos lugares.
Assim também é a nossa vida:
Quando paramos demais para olhar os problemas, perdemos tempo e nos distanciamos das nossas metas.

Desconheço o autor

texto - internet
imagem - blog.cancaonova.com

9 comentários:

Isa mar disse...

Oi meu querido amigo, agora mesmo pensei em vir te visitar, fui no painel e vi que tinha acabado de postar um texto, então peguei ele saindo do forno quentinho rsss

Nossa, muito bom ler esse texto, ainda não o conhecia e achei ótima essa reflexão.

Temos mesmo que seguir em frente sem ficar parando pelo caminho dando importância á tudo, isso só atrasará nossa viagem e impedirá que cheguemos logo ao nosso objetivo que é ter uma vida feliz e harmoniosa!

Beijos e uma semana abençoada pra ti!

Hana disse...

É isso amigo, não nos distanciar do alvo, do objetivo, seguir, sempre sem perder tempo, cada segundo é importante.
Anjo amigo feriadão acabando voltar ao trabalho com toda a energia do Monte Fuji hha e da fazenda de flores nossa que lugares belíssimos visitei, sabe né vim ao mundo a turismo.Na verdade eu adoro conhecer lugares novos, cultura, gastronomia hábitos costumes, acho que aprendemos muito com estas diferenças de culturas, choque cultural nem sei o que é isso, só me choca a desigualdade social o contraste do meu País com este País, de resto tiro de letra, pois o aprendizado é infinito.
Bom agora me deu fominha vou fazer um shiro gorran, e comer um sashimi, com muito wassabi e shoyu, hah que pena não vou poder te oferecer, não vai sobrar nada chato né, kkkkkkkkkkkk!!!!!!!!!!!!!!!!
com carinho
Hana

Jorge disse...

Isa,
adoro quando você vem me visitar. Me faz tão bem!

É, às vezes ficamos presos a detalhes, preocupações que não melhoram em nada e paralisamos o nosso avanço.
Pensando bem, não parece que gostamos de ficar parados na vida?

ANjo Luz, beijo de todo coração!

Jorge disse...

Hana,

só tem feriadão aí?....rsrs
Viajar é bom mesmo. Conhecer outras culturas e pessoas fazem um bem muito grande.
Quanto ao teu almoço, não gosto de wasabi...rsrs
E tenha um excelente almoço!!

Um doce beijo, Coração!

Hana disse...

Só p/ dizer que o feriadão acabou, e agora vou brincar em outro parque, o da sala de aula!! Vim te desejar uma boa tarde!!
com carinho Hana

Jorge Nectan disse...

Hana,

e você adora, não é?
Amor é isso, né?

Uma ótima semana, Anjo no Oriente!

Carmem L Vilanova disse...

Amigo d'Alma e Coração...
Um excelente exemplo a seguir... o da carroça desorganizada e reorganizada a cada percauso do caminho... é mesmo reflexo de nossas vidas... se temos uma meta, um objetivo não vale a pena perder tempo com coisas que não são prioridade...
Bela reflexão, meu amigo!
Beijos, flores e muitos sorrisos!

Jorge disse...

Carmem,

É um a história para se refletir mesmo.
Anjo Luz, beijo, de coração!

Marcia disse...

Ah, Jorge, tinha mesmo que ler este texto. Magnifica licao! Quando olhamos muito os problemas eles parecem infindáveis. Nao vale a pena nos prendermos aos problemas, sigamos adiante, sempre.
Beijao!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails