segunda-feira, 29 de novembro de 2010

POSSO ESTAR ERRADO


Ele carregou aquele peso inútil durante todo o dia.
Saíra de casa afobado, nervoso, e ainda por cima, havia discutido com a esposa.
Defendera uma idéia, um pensamento, com unhas e dentes, como se não conseguisse admitir, de forma alguma, que sua opinião poderia não ser a verdadeira.
Foi grosseiro, teimoso e impaciente.
Voltava agora para casa, e ao sintonizar a rádio no carro, ouviu a frase: Posso estar errado.
Era um professor dizendo o quanto sua vida se tornou diferente, quando passou a considerar esta opção, perante os alunos.
Dizia que passaram a respeitá-lo mais do que antes, quando pretendia ser sempre o dono da verdade.
Afirmava que até mesmo os conteúdos, sendo passados de uma forma mais humilde, menos impositiva, eram melhor absorvidos pela classe.
Ele resumia sua teoria dizendo: Admitir falhas é o melhor caminho.
Será que costumamos fazer este exercício? Considerar, nesta ou naquela situação ou discussão, que podemos estar errados?
Ou ainda insistimos em achar que o nosso ponto de vista é sempre o mais correto?
Parece que, ao acharmos que estamos com a razão, acreditamos que a nossa opinião é mais importante do que a dos demais, e que tem de prevalecer.
Não percebemos, mas isso é manifestação do vício do orgulho, em uma de suas muitas formas de atuação.
Um exercício interessante é tentar, a cada momento, considerar a simples hipótese de que podemos estar errados, e fazer um esforço para enxergar as coisas por outro ângulo.
Podemos experimentar ser mais flexíveis e abertos e lembrarmos que algumas vezes podemos não estar com a razão.
Tal forma de agir nos ajuda a tomar decisões mais acertadas e, conseqüentemente, duradouras, pois elas não terão sido fruto de uma reação automática de nossa personalidade.
Ao nos desapegarmos da necessidade de estarmos sempre com a razão, transformamos nossas vidas numa experiência bem mais prazerosa.
Afinal, por que temos que estar sempre certos? Não parece um peso desnecessário que carregamos nos ombros?
Buscar acertar sempre é saudável, nos faz crescer. Porém, querer ser sempre o dono da verdade, é desperdício de energia. Além de ser uma pretensão muito grande.
O caminho para a verdade está em conhecer todos os ângulos possíveis de visão sobre algo, e isso só é possível ouvindo os outros, considerando as experiências alheias na construção de nosso conhecimento.
Quanto mais humildes, mais ouvimos. Quanto mais orgulhosos, mais queremos ser ouvidos.
Dale Carnegie, autor do best seller Como fazer amigos e influenciar pessoas, afirma que você nunca terá aborrecimentos admitindo que pode estar errado.
Isto evitará discussões e fará com que o outro companheiro se torne tão inteligente, e tão claro e tão sensato como foi você.
Fará com que ele também queira admitir que pode estar errado.
A inflexibilidade de uma opinião gera quase sempre aversão. Um gesto de humildade sempre inspira outro.


Redação do Momento Espírita com base em matéria da Revista Prana Yoga Journal, de março de 2008, ed. Brmidia e em trecho extraido do livro Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas, de Dale Carnegie, ed. Ibep.


texto e imagem - internet

14 comentários:

Bloguinho da Zizi disse...

Humildade
Palavra chave para a Harmonia.
Beijinho Jorge e uma semana de muita paz.

Marli Borges disse...

É, a humildade é fundamental. Ser humilde não é ser fraco. A humildade é uma das faces da inteligência.
Bjssssssss

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Grande Jorge. Os grandes nomes da humanidade foram humildes. Veja alguns: Cristo, Gandhi, Chico Xavier,Madre Tereza,São Francisco de Assis... e outros tantos. Um abraço

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

OI MEU QUERIDO JORGE VIM DESEJAR BOA SEMANA PARA VC E ENCONTRO ESSE LINDO TEXTO!
BEIJO

Vera disse...

Ser humilde é ser manso de coração.

Jorge disse...

Zizi,

é um caminho essencial para o nosso crescimento.

Uma ótima semana!!!
Beijo, Anjo!

Jorge disse...

Marli,
concordo. Faz parte do nosso aprendizado. E a Terra é uma grande escola, né?

Beijo, Coração!

Jorge disse...

Carlos,

os homens que ficaram na história pelo seu virtuosismo moral, foram humildes. Pois é com ela que vamos para o Pai.

Grande abraço, meu amigo!!

Jorge disse...

Eliana,

uma excelente semana para vc também!!!
Com muito carinho!!!

Jorge disse...

Vera,

é mesmo.

Beijo e uma ótima semana, Anjo!!

Hana disse...

Oi grande Jorge, texto cheio de luz ensinamentos, Socrates, ja falava sobre sabermos o limite da nossa ignorância, este post é uma verdade escandalosa de boa para refletirmos e cuidar do nosso ego, coloca-lo em quilíbrio. E nossa teimosia, e humildade em refletir que outras pessoa tbém podem estar certa, dependendo do prisma da ótica em que olhar. Maravilha de Post amigo anjo do ocidente.
com carinho
Hana

Jorge disse...

Hana,
admitir que pode estar errado é caminho da humildade, né?

Anjo no Oriente, um beijo de luz em teu coração!

ValériaC disse...

Quanta sabedoria nestas palavras querido... lição de simplicidade, humildade...que com certeza nos cabe em alguns momentos da vida... vivendo e aprendendo sempre...
Beijinhos
Valéria

Jorge disse...

Valeria,

vivendo e aprendendo sempre e amando simplesmente.

Um beijo, grande Coração!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails