domingo, 20 de junho de 2010

O CARNEIRO REVOLTADO


Certo carneiro muito inteligente, mas indisciplinado, reparou os benefícios que a lã espalhava em toda parte, e, desde então, julgou-se melhor que os outros seres da Criação, passando a revoltar-se contra a tosquia.
- Se era tão precioso – pensava -, por que aceitar a humilhação daquela tesoura enorme? Experimentava intenso frio, de tempos a tempos, e, despreocupado das ricas rações que recebia no redil, detinha-se apenas no exame dos prejuízos que supunha sofrer.
Muito amargurado, dirigiu-se ao Criador, exclamando:
- Meu Pai, não estou satisfeito com a minha pelagem. A tosquia é um tormento... Modifica-me, Senhor!...
O Todo-Poderoso indagou, com bondade:
- Que desejas que eu faça?
Vaidosamente, o carneiro respondeu:
- Quero que a minha lã seja toda de ouro.
A rogativa foi satisfeita. Contudo, assim que o orgulho ovino se mostrou cheio de pêlos preciosos, várias pessoas ambiciosas atacaram-no sem piedade. Arrancaram-lhe, violentamente, todos os fios, deixando-o em chagas.
O infeliz, a lastimar-se, correu para o Altíssimo e implorou:
- Meu Pai, muda-me novamente! não posso exibir lã dourada... encontraria salteadores sem compaixão.
O Sábio dos Sábios perguntou:
- Que queres que eu faça?
O animal, tocado pela mania de grandeza, suplicou:
- Quero que minha lã seja lavrada em porcelana primorosa.
Assim foi feito. Entretanto, logo tornou ao vale, apareceu no céu enorme ventania, que lhe quebrou todos os fios, dilacerando-lhe a carne.
Regressou, aflito, ao Todo-Misericordioso e queixou-se:
- Pai, renova-me!... A porcelana não resiste ao vento... estou exausto...
Disse-lhe o Senhor:
- Que queres que eu faça?
- A fim de na provocar os ladrões e nem ferir-me com porcelana quebrada, quero que a minha lã seja feita de mel.
O Criador satisfez o pedido. Todavia, logo que o pobre se achou no redil, bandos de moscas asquerosas cobriram-no em cheio e, por mais corresse campo a tora, não evitou que elas lhe sugassem os fios adocicados.
O mísero voltou ao Altíssimo e implorou:
- Pai, modifica-me... as moscas deixaram-me em sangue!
O Senhor indagou de novo, com inexaurível paciência:
- Que queres que eu faça?
Dessa vez, o carneiro pensou mais tempo e considerou:
- Suponho que seria mais feliz se tivesse minha lã semelhante às folhas de alface.
O Todo-Bondoso atendeu-lhe mais uma vez a vontade e o carneiro voltou a planície, na caprichosa alegria de parecer diferente. No entanto, quando alguns cavalos lhe puseram os olhos, não conseguiu melhor sorte. Os eqüinos prenderam-no com os dentes e, depois lhe comerem a lã, abocanharam-lhe o corpo.
O carneiro correu na direção do Juiz Supremo, gotejando sangue das chagas profundas, e, em lágrimas, gemeu humilde:
- Meu pai, não suporto mais!...
Como soluçasse longamente, o Todo-Compassivo, vendo que ele se arrependera com sinceridade, observou:
- Reanima-te, meu filho! Que pedes agora?
O infeliz replicou, em pranto:
- Pai, quero voltar a ser um carneiro comum, como sempre fui. Não pretendo a superioridade sobre meus irmãos. Hoje sei que os meus tosquiadores de outro tempo são meus verdadeiros amigos. Nunca me deixaram em feridas e sempre me deram de comer e beber, carinhosamente... Quero ser simples e útil, qual me fizeste, Senhor!...
O Pai sorriu, bondoso, abençoou-o com ternura e falou:
- Volta e segue teu caminho em paz. Compreendeste, enfim, que meus desígnios são justos. Cada criatura está colocada, por minha Lei, no lugar que lhe compete e, se pretendes receber, aprende a dar.
Então o carneiro, envergonhado, mas satisfeito, voltou para o vale, misturou-se com os outros e daí por diante foi muito feliz.

Neio Lúcio
(Francisco Cândido Xavier)

endereço: internet
imagem: semeamor.blogspot.com

22 comentários:

Myriam disse...

Quão insatisfeitos são os seres humanos, assim como foi o carneiro!
beijo grande!

ELEONORA disse...

Boa noite, amigo de luz
Pois é, quantas vezes estamos insaisfeitos com nossa vida e não percebemos que tudo que temos, somos, passamos, é uma dádiva para nossa evolução espiritual, está permeada pelo amor e caridade divinos.

Grande abraço, irmão

ONG ALERTA disse...

Tudo é bem mais simples do que pensam , paz.
Um abraço Lisette

Jorge disse...

Myriam

realmente somos insatisfeitos. Mas vale como aprendizado, não é mesmo?

Beijo de luz, minha amiga!!
Uma excelente semana!!!

Jorge disse...

Eleonora,

valorizamos demais as coisas externas e porque não dizer, os outros. Não paramos para pensar em sermos nós mesmos. Procuramos caminhos mais tortuosos. De qualquer forma, um dia viveremos a nós mesmos, não é?

Um beijo, doce amiga!!!

Jorge disse...

Lisette,

gostamos de complicar...para que simplificar se podemos complicar, né?

Um beijo, de coração!!!

Psiquismo Desmistificado disse...

Meu amigão Jorge,
Sensacional. Gostei muito, pois é uma bela parábola para refletirmos.
Cada um de nós, dentro de nossa simplicidade ou limitações, tem sua importância e sua função a cumprir.
Às vezes a insatisfação pode ocorrer e atrapalhar nossos passos. Mas é fundamental aprender para evoluirmos.
Um grande abraço e ótimo início de semana

Bloguinho da Zizi disse...

Jorge
Esta história me remeteu a uma que é bem real.
As queixas que a mulher tinha de sua vida, a insatisfação...até que um dia um dos filhos se foi, a caminho da eternidade, e aquela mãe em prantos me disse: Eu era feliz e não sabia.
Guardo isso na minha mente e no meu coração.
Viver requer sabedoria, mas para adquiri-la é preciso viver.

Uma semana de paz
Beijinhos

Cigana do Oriente disse...

Bom dia meu querido, essa foi forte não? Tadinho do carneiro rsss
Belo texto, que nos fala de superioridade, de inconformismo e de ganância.
Cada um está exatamente no lugar que deveria estar, vivendo áquilo que é melhor para o seu crescimento.
Beijos de Luz pra vc e uma ótima semana!

ValériaC disse...

Adorável texto... querido amigo...
Quantas vezes é preciso "apanhar da vida", para se entender e perceber o quanto se é feliz com o que se tem e como é... que tudo isso faz parte do nosso evoluir...

Tenha uma linda semana!
Beijos
Valéria

Jorge disse...

PD, grande amigo,

querermos ser o que não somos é um caminho arriscado pois estamos criando um "destino" que não vamos gostar.

Um grande abra, PD!!!
E uma excelente semana!!

Jorge disse...

Zizi, Anjo amiga,

se pudermos ver antes seria maravilhoso. Mas quase sempre só percebemos apos acontecimentos, não é?

Um beijo e uma ótima semana, Anjo!!!

Jorge disse...

Isa,

por sermos responsáveis apenas por nossos atos e reações, seria bom se trabalhassemos melhor a nossa conscicência para errar menos, de não querer ser o que os outros dizem; enfim, sermos nós mesmos.

Amiga do coração, um doce beijo e uma excelente semana!!

Jorge disse...

Valeria, doce amiga,

e muita vez "sofrer" significa revolta se não estivermos compreendido a função do sofrimento. O que não aprendermos por amor, vai pela dor mesmo.

Um super-beijo e uma semana de muita luz

Marcia disse...

É tao bom voltar aqui!
O pai de infinta bondade e sabedoria nao nos dá nada que nao seja necessário para o nosso crescimento espiritual. Reclamamos por nao entendermos ou nao aceitarmos o nosso passado delituoso. Deus é sábio e paciente conosco assim como foi com a ovelha da parábola. A resignacao ainda é uma das virtudes que precisamos conquistar.
Amigo, desejo-lhe uma linda semana!
Beijos com carinho,

Jorge disse...

Marcia,

aprenderemos a resignarnos pelas dificuldades suportadas com mais equilíbrio. Por isso dizemos que a vida é uma escola e cada um se aprova se for bem ns provas.

Anjo amiga, beijo, de coração e uma excelente semana!!

Jeanne disse...

Esta historinha eu contava para as crianças da evangelização que adoravam e entendiam logo, já os adultos, parece que encontram dificuldades, não é mesmo?
Beijos

Jorge disse...

Jeanne,

as crianças tem mais sensibilidade que os adultos. Ainda não se manifestam neles toda a força de seus passados.

Anjo, beijo, de coração!!

Myriam disse...

Jorge querido, grata por sua visita, como sempre, gentil e com uma visão ímpar das coisas! Tenha um lindo dia!

Maria José disse...

Amigo Jorge. Grande aprendizado o do carneiro. Assim somos nós. Precisamos passar por tanta coisa para aprendermos que a verdadeira felicidade está em ser como somos. Beijos, amigo e fique com Deus.

Jorge disse...

Myriam,

Tão bom o seu cantinho. Eu que agradeço por permitir te visitar.

Uma excelente semana, Amiga do coração!!!

Jorge disse...

MAria Jose

disse tudo!!!

Um beijo prá você também, Anjo!!!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails