terça-feira, 22 de novembro de 2011

ABRAÇAR O NOVO


A lagosta vive tranqüilamente no fundo do mar,
protegida pela sua couraça dura e resistente. Mas,
dentro da couraça, a lagosta continua a crescer. Ao
final de um ano, a sua casa ficou pequena e ela tem de
enfrentar um grande dilema: ou permanece dentro da couraça
e morre sufocada ou se arrisca sair de lá, abandonando-a, até que
seu organismo crie uma nova couraça de proteção, de tamanho
maior que lhe servirá de couraça por mais um ano.
Vagando no mar sem a carapaça, a lagosta
fica vulnerável aos muitos predadores que se
alimentam dela. Mesmo assim, ela sempre prefere
sair. Dentro da couraça que se transformou em
prisão, ela não tem nenhuma chance. Fora, sim.
Muitas vezes, ao longo da vida nós ficamos
prisioneiros das couraças que são os nossos hábitos
repetitivos, os condicionamentos alienantes, as situações
as quais nos acomodamos, mas que exauridas e
desgastadas nada mais têm para nos oferecer.
E acabamos por falta de coragem de mudar,
nos acostumando ao tédio de uma vida monótona
que, fatalmente, como a velha couraça da lagosta, acabará
por nos sufocar. Façamos como a lagosta: troquemos a
velha e apertada couraça por uma nova. Mesmo
sabendo que, por algum tempo, estaremos
desprotegidos ao enfrentarmos uma
nova situação.

LARGAR O VELHO E
ABRAÇAR O NOVO É, MUITAS
VEZES, A ÚNICA POSSIBILIDADE
DE SOBREVIVER.


Desconheço o autor


texto - internet
imagem - jorgebichuetti.blogspot.com

9 comentários:

Jorge disse...

Encarar o novo é um desafio que nos amadurece. Que seria realmente se fugíssemos de viver coisas novas?

Um beijo

ValériaC disse...

Perfeitas palavras amigo...a vida pede por coragem, quem não enfrenta o novo, sufoca a vida, desperdiça preciosidades em aprendizagens, em crescimento.
Bendito seja o novo, dando o lugar ao que já não nos cabe mais.
Boa tarde...beijos
Valéria

**♥✿-franciete filipe-✿♥** disse...

Meu querido amigo há tempos que aqui não vinha, mas a vida é mesmo assim umas vezes por falta de tempo outras por tempo demais e, assim vamos passando.
Adorei a sua postagem mas muitas vezes o novo nos traz tormentas ainda piores do aquelas que já temos, pois há um ditado que diz quem muda Deus ajuda e será sempre bom irmos mudando um pouco de vez em quando.
Beijinhos de luz e muita paz...

blog da Paraguassu disse...

Olá Jorge,
Estou vindo ao seu blog pela primeira vez, pois li um texto que você passou por e-mail para uma amiga da blogosfera. Bem, adorei o texto (é do
Walcyr Carrasco). Assim, resolvi vir te visitar. E deparo-me com outro texto maravilhoso. Amei-o! Seu espaço é muito bonito e agradável, pois sinto-me como se estivesse em casa e, por aqui vou ficando, tanto que já o estou seguindo.
Gostaria muito que fosses visitar-me em meu recanto. Espero que gostes de lá.
Deixo meu afetuoso abraço, amigo.
Maria Paraguassu.

Marcia disse...

JOrge amigo,
Há tempos que nao passo por aqui. Mas faz-me bem cada vez que aqui estou,pois fico encantada. Desconhecia este detalhe da lagosta, e um grande exemplo para nós! Abrir espaco para o novo em nossa vida.
Umgrande abraco com carinho,

Jeanne Geyer disse...

É o ciclo da vida. hoje mesmo consegui me livrar de mais uma couraça que estava quase que me paralizando. Era pra mim este texto,rsrsrs
beijos :)

Aureliano disse...

Jorge,

Visitei seu blog e me senti muito bem. Linda mensagem sobre a lagosta. A renovação nos torna prontos para as atualizações da vida : no trabalho, na vida pessoal, na vida comunitária, na nossa relação com o mundo.
Parabéns por este espaço acolhedor.
Cordialmente,


Aureliano

Carmem Lucia Vilanova disse...

"LARGAR O VELHO E ABRAÇAR O NOVO É, MUITAS VEZES, A ÚNICA POSSIBILIDADE DE SOBREVIVER."
Simplesmente perfeito, querido amigo... eu estou neste time... mudo a couraça sempre que necessário, e não me esmoreço por ter que passar um tempo desprotegida, pois isso é o que me enche de forças para viver...
Maravilhoso, o teu post!
Beijos, flores e muitos sorrisos!

Sheila - Blog "Passarinhos no Telhado" disse...

Que linda reflexão! Linda e assustadora...
Mudança é algo que causa medo, insegurança...mas estar vivo é estar inseguro! A vida é insegurança!

Um abraço amigo querido!!!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails