terça-feira, 28 de setembro de 2010

A CADA UM SEGUNDO SUAS OBRAS


Há os que tatuam cruzes no braço
Mas não conseguem tatuar no coração
Há os que colam o plástico Jesus no carro
Mas plastificam seus corações
Há os que lêem bíblias em voz alta
Mas a bondade do coração está muda

Há os que oram de joelhos
Mas o orgulho reina em pé em seus corações
Há os que freqüentam templos
Mas não freqüentam a prática do amor
Há os que louvam os anjos e santos
Mas são surdos para os seus conselhos
Há os que professam lindas doutrinas
Mas sequer as praticam no próprio lar
Há os que pregam a humildade
Mas não se dobram diante do irmão de outra ideologia
Há irmãos que doam valores materiais
Mas não doam a boa ação que transportam

No entanto,
Há irmãos que não doam nenhum bem
Mas doam a si próprios
Há irmãos que vivem no silêncio
Mas seus corações gritam amor
Há irmãos que são discretos em sua humildade
Mas são gigantes fraternos
Há irmãos sem cultura e ignorantes
Mas praticam a sabedoria da caridade
Há irmãos que nem conhecem doutrinas religiosas
Mas já são sua própria religião no dia a dia

Há amores e paixões,
abrangência e limitações, vontade e má fé, humildade e orgulho...

A cada um segundo suas obras.
Não importa o que a boca fala, mas o que o coração pratica.

Desconheço o Autor


texto - internet
imagem - dragoinha.spaces.live.com

8 comentários:

Gislene disse...

Olá Jorge!

É a mais pura verdade.
Vivemos e viveremos tempos difíceis, onde será preciso empregar o Amor que há em nós em favor do próximo.
Adorei! Posso usar no meu blog?
Um abraço e tenha um lindo dia!
Até.

Jorge disse...

Gislene,

concordo com você. Esteja à vontade em usar o post.

Um beijo!!!

Bloguinho da Zizi disse...

Jorge
Uma reflexão para descobrir se nos encaixamos em algum dos itens e trabalhar para manifestar uma obra dentro da Verdade e da Luz.
Grata

Vila das Amigas disse...

Oi Jorge,
Muito lindo esse texto, muito emocionante e muito verdadeiro.
Abraço.

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

bela reflexão estamos mesmo precisando ver as coisas como são verdadeiramente!
adorei o gatinho!

ValériaC disse...

Profunda verdade querido...de nada valem palavras ocas, gestos simbólicos...o que se precisa é viver o Amor em gestos concretos e palavras na vida, no dia a dia... e a vida e Deus sabem muito bem a diferença, portanto nada mais justo de que cada um receba de acordo com suas verdadeiras obras...
Beijos...
Valéria

Valerie disse...

Amigo,

O que vale mesmo é aquilo que trazemos no coração, né? Porque somos construídos pelo que pensamos, falamos, agimos.
Muito bom texto, querido. Faz a gente refletir sobre como andam nossas obras.

Um abraço com carinho e dias de paz na sua vida.

Jorge disse...

Amigas do coração,

acredito que temos os dois lados. A questão é qual delas estamos mais ligados. Mas compreendo que a reencarnação é justamente para aprendermos a aparar as arestas do nosso ego. Afinal, somos determinados a atingir a perfeição, mesmo que relativa.

Um beijo, com muito carinho!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails