segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

ABRINDO OS OLHOS


Quando não há nada mais a ser dito, silencia.

Quando não há mais nada a ser feito,
permite apenas ser, apenas estar,
e fica na companhia do teu coração
e este indicará o momento apropriado para agires.
Quando a lentidão dos dias acomodar tua vontade,
enlaçando-te com os nós da intranqüilidade,
descansa e refaz tua energia.

Não há pressa,
a prioridade é que encontres novamente a tua essência
para que tenhas presente em ti a alegria de ser e estar.

Quando o vazio instalar-se em teu peito,
dando-te a sensação de angústia e esgotamento,
repara tua atenção e encontra em ti mesmo
a compreensão para este estado.
É necessário descobrirmo-nos em tais estados,
para que estes não se transformem no desconhecido,
no incontrolável.

Tudo pode ser mudado,
existe sempre uma nova escolha
para qualquer opção errada que tenhas feito.

Quando ouvires do teu coração
que não há nenhuma necessidade
em te preocupares com a vida,
saibas que ele apenas quer que compreendas
que nada é tão sério a ponto de
te perderes para sempre da tua divindade,
ficando condenado a não ver
mais a luz que é tua por natureza.

Não te preocupes;
se estiveres atento a ti mesmo
verás que a sabedoria milenar está contigo,
conduzindo-te momento a momento àquilo que realmente necessitas viver.

Confia e vai em teu caminho de paz.
Nada é mais gratificante que ver
alguém emergir da escuridão
apenas por haver acreditado na existência da luz.
Ela sempre esteve presente...
Era só abrir os olhos...

Içami Tiba



texto - internet

imagem - caminhandofelizpelavida.spaceblog.com.br

8 comentários:

Jorge disse...

Abrir os olhos é abrir a consciência para a vida. Compreender que cada escolha que realizamos é responsabilidade nossa e qualquer mudança na nossa maneira de sentir também é.

Um beijo!

Hana disse...

Sabe Jorge anjo amigo, nunca esquecerei do (Feliz livro novo), que enviou por e-mail, foi uma linda reflexão, assim como esta que estou a ler em seu post!]
Então um feliz livro novo para vc, e um lindo Natal.
Com carinho
Hana

Unknown disse...

Anjo-Amigo Jorge,
O silêncio é sempre a melhor resposta quando não há nada sábio a dizer; sempre o melhor discurso, quando nos faltam palavras; sempre um sinal de respeito, quando as palavras se fazem desnecessárias...
Lindo texto!
Quero aproveitar para lhe agradecer pela presença lá em casa no dia do meu aniversário... amizade como a sua fizeram o dia ser ainda mais feliz!
Beijos, flores e muitos sorrisos!

Estrela disse...

Este texto de reflexão é de uma ajuda incrível! Obrigada!
Bjoks!

Sheila - Blog "Passarinhos no Telhado" disse...

A Louise Hay sempre diz que devemos ouvir o nosso coração, silenciar e ouvir, pois não temos idéia do quanto somos sábios. Acredito nela!
Lindo texto meu amigo! Grande abraço! :)

**♥✿-franciete filipe-✿♥** disse...

LUZ DIVINA--NATAL

Há dois mil anos! Passa colossal:
Noite iluminada em saudade!
Luz, pureza, amor, e humildade,
Apontando no lar, noite de Natal…

Pinheiros desperta, luz paternal;
Ao nascimento da alta divindade:
Nas palhas inspira a humanidade
A encarnar nos homens a moral…
Finda a prece, vem a aurora radiante:
Radiosa estrela no horizonte;
Pura, bela, ridente, despontou.

A aureolar no olhar divino de Deus!
Que sempre esclarecendo todos os Céus
No caminho, da vida que nos traçou…

beijinhos de luz e paz.

Eliane disse...

Linto texto Jorge!
Um ótimo 2012 para vc!!!
Bjos,

Eliane.

ANDRÉA disse...

Bom Dia Jorge,
É muito bom começar o ano conhecendo pessoas como vc.
Agradeço por fazer um cantinho tão especial, onde todos possam aprender com as suas sábias palavras.
Eu meu filho e meu marido, já nos instalamos por aqui.
Que DEUS te abenções sempre
Obrigada
Andréa
http://andreaarteva.blogspot.com

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails